Você Precisa Inspecionar Um Condomínio?

Muitas pessoas escolhem comprar uma unidade em um Condomínio acreditando que esse é um ótimo meio de ter sua própria casa sem ter que se preocupar com limpar entradas de veículo, cortar a grama, ou consertar telhados com vazamento. No entanto, Condomínios, assim como casas, não são imunes a problemas, então é sábio fazer uma inspeção de Condomínio antes de comprar.

 

 

Inspeção Pessoal Antes de Considerar Qual Condomínio Comprar

 

 

Se você é como a maioria das pessoas, você vai procurar pelo menos por alguns condomínios antes de decidir qual condomínio comprar. Durante essa caminhada inicial por cada Condomínio, aqui vão algumas coisas que você precisa procurar:

 

  • Identificar em pisos ou paredes, deformidades de qualquer tipo, carpete ou azulejos soltos- esses podem ser sinais de danos pela água ou outros problemas.
  • Rachaduras nas Paredes
  • Mofo ao Redor das janelas ou Portas- Mofo ao redor das janelas ou portas indica que o seu condomínio pode não estar tão seguro quanto parece.
  • Vidros Quebrados
  • Calafetagem Faltando
  • Pressão da Água- Verifique a água fria e quente para determinar se há pressão adequada na água.
  • Verifique a Manutenção Externa- Caminhe pela garagem e pelo pátio do Condomínio. A grama está perfeitamente aparada, a garagem parece limpa e em boa forma?

 

 

Se a sua caminhada inicial pelo Condomínio e pelo terreno não indicar nenhum problema, então é hora de ter o condomínio que você está interessado em comprar inspecionado por um profissional licenciado.

 

 

2 Tipos de Inspeção de Condomínio

 

 

Há dois tipos diferentes de inspeção de Condomínio que você pode fazer. Uma inspeção completa e uma inspeção de interior.

 

  • Inspeções de Interior - Inspeções de interior são mais adequadas para aqueles condomínios com grandes torres, já que o inspetor não vai poder inspecionar o lado de fora do condomínio completamente, então ele não será capaz de lhe dar muita informação que irá se provar útil. Uma inspeção de interior não inclui sótãos ou vãos ou quaisquer áreas externas como o telhado. Ela também não inclui nenhuma das áreas comuns do condomínio. Uma inspeção de interior deve incluir os sistemas elétricos, o encanamento, as paredes, os pisos, os tetos, fornalhas e ar condicionado da unidade.

 

  • Inspeções Completas - Inspeções completes incluem inspeção de áreas comuns, exterior dos prédios do condomínio e também interior. Essas inspeções não são tão abrangentes quanto uma inspeção comercial seria, mas elas dão uma boa ideia da condição geral do complexo de condomínio.

 

 

Ter um condomínio inspecionado vai ajudar você a determinar se vale a pena comprar o condomínio ou se você deveria negociar um preço mais baixo devido à necessidade de reparos iminentes que você precisará fazer no interior ou às chances de ser avaliado pela necessidade de reparos que suas mensalidades regulares não cobrem.

 

 

Como comprador, cabe a você exercer a devida diligência antes assinar aquele contrato para comprar aquele condomínio, então você vai querer fazer tudo em seu poder para assegurar que você vai ficar satisfeito com a sua compra.