A crise financeira de 2008 afetou o mercado de habitações por anos, resultando em preços habitacionais instáveis, um mercado habitacional inundado, e uma fé seriamente abalada no mercado habitacional como um todo. 10 anos depois, é finalmente hora de declarar o mercado de habitação como recuperado? Vamos dar uma olhada mais de perto no impacto da crise do mercado habitacional de 2008, o estado atual do mercado habitacional hoje, e como determinar se o mercado habitacional ainda é considerado como em risco ou não.

 

A Crise do Mercado Habitacional de 2008

 

A crise financeira de 2008 não afetou apenas o mercado habitacional. Ela foi uma crise abrangente que viu sérias consequências negativas para tudo desde ações, empresas, taxas de desemprego, e tudo mais. Porém, foi o mercado habitacional o ponto central da crise financeira, que ocorreu quando credores hipotecários diminuíram imensamente as restrições de empréstimos para hipotecas e criaram um mercado com excedente de casas hipotecadas com proprietários que não podiam – para ser franco – pagar para mantê-las. Essa crise, combinada com pico descendente na economia, resultou em incontáveis execuções de hipotecas, falências, e um monte de casas perdidas.

 

Para entender verdadeiramente a crise habitacional de 2008 – e esperar entender o estado atual do mercado – é importante dar uma olhada em algumas figuras atuais.

 

Em 2005, só alguns anos antes da crise, o pico dos preços médios das casas em St. Louis, Missouri era de $152.500. Porém, no primeiro trimestre de 2012, num mercado pós-crise, a média despencou até $98.343. Hoje, o preço médio de uma casa em St. Louis é de $190.415.

 

As diferenças são ainda mais dramáticas em áreas com preços de mercado tradicionalmente mais baixos. Em Belmont, Ohio, o preço médio de casa mais alto no 4º trimestre de 2007 era de $77.400. No primeiro trimestre de 2011, o preço médio de casa mais baixo era de $19.800. Hoje, o preço médio de casa em Belmont é de $105.000.

 

O Mercado Habitacional se Recuperou – Ou Não?

 

Os preços em elevação significam que o mercado habitacional está recuperado? Os especialistas não estão confiantes de que o mercado já esteja totalmente recuperado. Jonathan Miller, CEO da Miller Samuel, uma firma que se especializa em avaliação imobiliária, disse o seguinte: "Nós estamos na verdade numa fase de ressaca. Só porque os preços estão subindo, isso não significa que estamos recuperados. [O mercado habitacional] ainda está distorcido, e isso é por causa das condições de crédito."

 

Embora o mercado não esteja totalmente recuperado, ele não é mais tão arriscado como ele era em 2008 e na era pré-2008. Isso é porque uma das causas essenciais para a crise do mercado de 2008 foi a frequência de credores empregando táticas de crédito hipotecário menos do que profissionais. Os credores estavam aprovando hipotecas para pessoas que não estavam financeiramente qualificadas para elas, permitindo que as pessoas contraíssem hipotecas sem verificação de renda, taxas que disparariam após alguns anos, ou mesmo hipotecas sem a segurança de um pagamento de entrada.

 

Hoje, contundo, aquele risco hipotecário da era-2008 está significantemente reduzido devido a um simples fato: é quase impossível contrair aquele tipo de hipoteca arriscada no mercado de hoje. Não só os credores têm qualificações para hipotecas muito mais rígidas, como a maioria dos credores segue as diretrizes dispostas numa reforma de 2010 que oferece aos credores proteção legal para hipotecas qualificadas que cumprem com certas provisões. Essas provisões incluem apenas emprestar a pessoas que atendam a critérios financeiros específicos e também não conceder empréstimos "arriscados".

 

Não, o mercado habitacional não está totalmente recuperado. Mas a redução no risco está ajudando a impedi-lo de cair nas armadilhas que derrubaram o mercado de 2008 numa espiral descendente.

Para começar a sua busca pelo mercado imobiliário de Miami, ligue para nós pelo 305-968-8397 ou entre em contato conosco aqui.

 

Eddie LaRosa e a Miami Real Estate Official da EWM Realty International são especialistas locais que trabalham para proporcionar as informações locais mais recentes. Se você gostaria de comprar ou vender em Miami, entre em contato conosco hoje pelo 305-968-8397 ou nos envie uma mensagem aqui. Nós nos especializamos no Mercado Imobiliário de Miami e nosso conhecimento na área já ajudou incontáveis de nossos clientes imobiliários.

 

Entre em contato conosco hoje se você quiser saber mais sobre o Mercado Imobiliário de Miami ou pretende comprar ou vender. A Miami Real Estate Official são especialistas locais e são parte da agência número 1 em Miami-Dade e Sul da Flórida que já ajudaram vários clientes com necessidades na área imobiliária a alcançar suas metas imobiliárias.